2 July 2011

Corrupção do estado V

O Programa do novo Governo Português, pelos vistos, quer implementar a racionalização e profissionalização / despolitização do Estado (ver parte do programa em Racionalização das estruturas do Governo). Óptimo! Espero que tal aconteça ou nada muda...

Se tal acontecer, ficamos a precisar de uma imprensa profissional - menos bola, menos casos de treta que servem para distrair, menos opiniões e mais investigação... muita investigação e pouco “show”. Para toda a imprensa mudar, seria preciso que o público ignorasse o show informativo e procurasse a investigação, o que me parece difícil. Todavia, devíamos, de uma forma consciente, tentar “mudar o canal” (tipo “deixar o cigarro”). Espero que a imprensa do Estado (RTP etc), também se torne independente do poder político e se dedique à qualidade pois, esta imprensa, não tem que ser popular; Só tem que ser boa. Se tivermos uma imprensa do estado forte e boa, já não será mau. Isto depende do novo governo...

E, ainda mais importante, precisamos de justiça ou não há protecção do cidadão. Infelizmente, não acredito que passe a haver justiça em Portugal nos próximos anos... Talvez se toda a gente andasse armada, todos os intervenientes estariam motivados para assegurar depressa uma justiça que funcione. Só para esclarecer, sou contra o direito do cidadão comum poder andar armado. Mas, também, sou contra um estado que não consegue ter justiça, que é a protecção civilizada contra os outros, contra o estado e, até muitas vezes, contra as maiorias.